quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Energia Solar nos Automóveis ... "paranoia mental" em 2002 ?


Hoje decidi publicar uma carta que escrevi em 2002 para a revista de automóveis "Auto Hoje" (http://www.autohoje.com/ ) que foi publicada numa das edições de Fevereiro de 2002 (se não me engano) e para ilustrar este artigo escolhi uma foto do novo Seat Exeo ( http://www.seat.com/ )


17 de Janeiro de 2002




Desta vez, vou discorrer sobre as energias alternativas aplicadas ao sector automóvel e, dentro destas especialmente sobre a energia solar, a qual muito raramente é referida como energia alternativa e amiga do ambiente sendo mesmo de lamentar que num país como o nosso se verifique este esquecimento. Recordo-me mesmo que, em meados dos anos 70, quando se começou a falar em energia solar para, por exemplo, aquecimento doméstico, houvesse quem pensasse que isso poderia prejudicar o turismo ou a agricultura. Claro que não estou a pensar em automóveis exclusivamente movidos a energia solar, mas esta poderia servir, por exemplo, para alimentar os sistemas de ar condicionado, assim contribuindo para a redução dos consumos e consequentemente das emissões poluentes e da nossa dependência face a fontes de energia externa, sejam elas derivadas do petróleo ou do gás natural. Não sou especialista na matéria e sei que a ideia não é original, mas gostaria que Portugal não perdesse esta nova oportunidade, até porque agora estamos integrados na União Europeia, dentro da qual talvez sejamos juntamente com Espanha os países com melhores condições para desenvolver este tipo de energia.


Até uma próxima oportunidade de ...

... "Sempre Te Espero" ...
Esclarecimento: este "post" aparece com data de 25 de Fevereiro de 2009 porque essa foi a data em que o adicionei como "rascunho" mas só o publiquei em 9 de Março de 2009.


Sem comentários: